Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Degraus de Saber

Biblioteca do Agrupamento de Escolas de Vale de Ovil - Baião

Degraus de Saber

Biblioteca do Agrupamento de Escolas de Vale de Ovil - Baião

Dia Mundial da Água

BibliotecaH, 22.03.07
Comemora-se hoje o Dia Mundial da Água, mas mais do que uma celebração é altura de reflectirmos. Um relatório da ONU prevê que, nos próximos 50 anos, a água vai faltar a mais de metade da população mundial. E ainda: até 2050, pelo menos 400 milhões de pessoas vão ser afectadas pela seca.

A falta de água não se deve apenas à poluição ou ao aquecimento global do planeta. O principal problema é a pobreza, pois os países em vias de desenvolvimento dedicam-se sobretudo à agricultura, com sistemas de irrigação pouco racionais. Aliás, 90% dos problemas mais graves de seca surgem nesses países.

Em todos os continentes, os rios estão a secar. Nilo, Ganges, Colorado e Amarelo são exemplos de rios que chegam a custo ao mar durante a época seca. Alterações climáticas, a actividade humana, barragens, regas agrícolas excessivas e poluição industrial, são algumas das causas que originam a destruição das várzeas e pântanos, o dizimar de espécies inteiras de peixe e ameaçam provocar secas mundiais.

E quanto à água salgada que constitui 97% da água do planeta? O cenário também não é melhor, com a previsão do fim dos recifes de coral e do esgotamento das reservas de pescado, devido à pesca excessiva.

E em Portugal? Segundo a Quercus, 44% dos nossos rios têm qualidade má ou muito má e só 36% têm uma qualidade aceitável.

Aqui ficam mais duas curiosidades:
  • No Dubai, 10 milhões de litros de água do mar dessalinizada correm no parque aquático de Wild Wadi. Numa zona de petróleo e dinheiro, os governos do Golfo Pérsico podem dar-se ao luxo de dessalinizar a água do mar para divertimento de alguns.
  • Nos arredores de Deli, na Índia, os sem-abrigo vivem à sombra de uma conduta que leva água para a cidade, onde só metade dos seus habitantes pode aceder a este bem. Esses sem-abrigo têm acesso indirecto à água, já que aproveitam as fugas da conduta para...  tomar duche!
Pensa no seguinte: apenas uma fracção de 1% da água da Terra é utilizada!... Não será uma boa altura para começarmos a poupar esse bem essencial?

1 comentário

Comentar post